Por enquanto é isso…

Essa é a situacao em que me encontro: um pouco mais de 2 meses viajando pela América do Sul, iniciados com um objetivo porém sem um destino definido. Um pouco menos de 7.000km rodados, exclusivamente por terra (onibus, caronas em caminhao ou carro e bicicleta). Atualizacoes no blog com dificuldades, pois nao tenho computador pessoal e quando tem, com péssima internet. Fotos, muitas fotos (mad poucas por aqui, pelo motivo acima citado).

Iniciei toda essa “viagem” em Cusco, onde morei por quase 1 mes. Nesse mes, desenvolvi um trabalho voluntario com a ONG CooperarPeru, organizacao cujo objetivo é trabalhar com criancas de uma comunidade vizinha da cidade, chamada Tankarpata. Essa organizacao recebe voluntarios de todo o mundo que queiram contribuir. Inclusive voce! Os contatos da ONG podem ser encontrados em sua pagina no facebook. Após esse mes, me mandei na viagem. Com a ajuda de alguns amigos e conhecidos, fui tracando um roteiro meio sem objetivo, que era descer o maximo possivel, até o sul da Argentina (Patagonia).

E é exatamente onde me encontro neste exato momento. Até aqui passei por varias experiencias que com certeza levarei para minha vida inteira, aprendizagens que relmente mudaram minha forma de ver certas situacoes, inclusive a de viajar sozinho sem destino. Afinal de contas, por que essa mania do ser humano (brasileiro, que é o tipo que eu conheco melhor) de se atar e criar lacos “eternos”, acreditando que essa será a melhor forma de viver? Antes de comecar isso tudo tinha medo. E estava bastante nervoso. Mas como andei constatando nos ultimos tempos, hoje me sinto a vontade onde e como estou. Lavando roupa todo dia na pia de um hostel, passando frio e comendo arroz com atum por varios dias (porque é mais barato e mais gostoso), conhecendo gente incrivel do mundo inteiro, tocando ukulele em porta de supermercado pra desenrolar um trocado, ficar de cara em frente às incriveis montanhas da patagonia argentina…e muito mais, mas nao vai caber aqui.

Meu proximo destino é Ushuaia, conhecida como a cidade do fim do mundo. Terei oportunidade de buscar um trabalho ali, e quem sabe ficar um tempo… Para depois seguir viajando.

Por enquanto, é isso…

Responder

Por favor, inicia sesión con uno de estos métodos para publicar tu comentario:

Logo de WordPress.com

Estás comentando usando tu cuenta de WordPress.com. Cerrar sesión / Cambiar )

Imagen de Twitter

Estás comentando usando tu cuenta de Twitter. Cerrar sesión / Cambiar )

Foto de Facebook

Estás comentando usando tu cuenta de Facebook. Cerrar sesión / Cambiar )

Google+ photo

Estás comentando usando tu cuenta de Google+. Cerrar sesión / Cambiar )

Conectando a %s