Antarctic Experience 20-29 Nov 2014

Descrição da Expedição para a Antártida, realizada entre os dias 20 e 29 Novembro 2014.

DSC_0267

Partimos do Porto de Ushuaia por volta das 17h do dia 20 Novembro. Os horários são bastante precisos, já que toda a organização em volta do porto deve ser articulada de forma a permitir a ida e vinda dos diversos cruzeiros que operam na temporada de verão. Tanto é que nos resulta curioso o fato de ver diversos barcos “aguardando” entrar no porto, ancorados a uma distancia segura da cidade.

DSC_0567     DSC_0569

O barco Ocean Nova, da companhia Antarctica XXI, é um barco relativamente pequeno, contando com 68 passageiros além da tripulação (equipe de hotelaria, máquinas e expedição). Contamos com um grupo diversificado de passageiros, vindos dos mais diferentes países e origens (espanhóis, americanos, chineses, argentinos, suecos, brasileiros, entre outros).

Além das atividades “normais”, já incluídas nos pacotes turísticos, o barco permite algumas atividades extras (com preços a parte, além da tarifa normal), como kayaking e snowshoeing. Acesse o link na página da companhia para saber mais. Fato é que fui bastante sortudo ter conseguido tão barata passagem, o que me permitiu incluir estas atividades também.

DSC_0225 DSC_0119     DSC_0141

Kayaking in Antarctica

Com uma taxa extra, considerada “salgada”, esta atividade extra oferecida no barco se revelou uma das melhores experiências para ter contato com a Antártida. Primeiramente, eu sequere tinha intimidade com kayak, o que me preocupou um pouco antes de embarcar. Mas na prática, a relação com o meio ambiente, com a água, com a vida selvagem, sem motor e acompanhado de poucos, foi algo único e realmente aconselho a qualquer um que tenha interesse em fazê-lo.

A equipe completa era de 4 passageiros, em dois kayaks duplos, e o guia em um individual. Nos acompanha um zodiac, a certa distancia, pois não podemos esquecer que estamos em um território intocado, onde tudo pode acontecer. O zodiac de apoio serviu principalmente para nos transportar até as zonas de início e também para levar nossas máquinas fotográficas, oferecendo um servico VIP de entrega e coleta dos equipamentos. Lembrando que nos encontramos em águas extremamente geladas e para isso também contamos em um traje especial, que servia para a prática do kayak mas também para caminhar em terra, ao conhecer o lugar onde todos os outros passageiros já se encontravam.

DSC_0177

DSC_0174     DSC_0171

O mais me chamou a atenção em fazer este esporte na Antártida foi a relação suprema com o meio. Por não ter tanta gente, falando ou tirando fotos, sem motor e sem qualquer impacto maior que nossas pequenas embarcações, pudemos chegar bem perto de baleias e colonias de pinguins, possibilitando uma experiência intensa com a vida selvagem. Lembro do dia que começamos a seguir os rastros de uma baleia e de nos maravilhar com a proximidade com estes gigantes mamíferos do mar. Realmente, algo foda!

DSC_0213

Snowshoeing (raquetes de neve) in Antarctica  

Esta outra atividade extra, também possível devido a presença de um guia de montanha especializado no barco, foi uma experiência que infelizmente nao pude disfrutar como gostaria. Como eu havia pago as duas atividades antes de embarcar, não sabia bem como seria para combiná-las e, por fim, descobri que realmente não é aconselhável realizar duas ou mais atividades extras em um mesmo viagem para a Antártida.

DSC_0123

Como se tratam de atividades que funcionam exatamente no mesmo momento, ou seja, ao fazer os landings em zodiacs, os passageiros que estão inscritos nas atividades extras se dirigem aos respectivos guias e seguem para as atividades. Ou seja, realmente é inviável combinar as atividades.

Por outro lado, gostei do pouco de experiência que tive com o grupo, já que gosto de caminhar e realmente essa atividade extra te leva um pouco além do convencional. Enquanto o grupo do barco desce em determinado ponto e os passageiros de kayak seguem no zodiac para outra região, os snowshoers também seguem para outro ponto de início, de onde partem para uma caminhada mais longa com os equipamentos específicos para caminhar na neve, os snowshoes ou raquetes de neve.

Quiser saber mais sobre essa atividade, visite aqui a página da companhia

One comment

Responder

Por favor, inicia sesión con uno de estos métodos para publicar tu comentario:

Logo de WordPress.com

Estás comentando usando tu cuenta de WordPress.com. Cerrar sesión / Cambiar )

Imagen de Twitter

Estás comentando usando tu cuenta de Twitter. Cerrar sesión / Cambiar )

Foto de Facebook

Estás comentando usando tu cuenta de Facebook. Cerrar sesión / Cambiar )

Google+ photo

Estás comentando usando tu cuenta de Google+. Cerrar sesión / Cambiar )

Conectando a %s