8 motivos para explorar a Patagônia

cropped-dsc_0130.jpgMuitos viajantes provavelmente já ouviram falar da Patagônia, região mais austral do continente americano, compreendida entre os territórios do sul da Argentina e Chile. Geograficamente, a Cordilheira dos Andes é a influencia natural desta região do planeta, dividindo os setores oriental e ocidental, mas também trazendo (ou impedindo) a presença de ventos e de chuvas, o que influencia diretamente o clima e consequentemente a vegetação, fauna, microclimas, entre outros fatores. Portanto, trata-se de uma região única no planeta, que abarca uma diversidade ecológica incrível entre os dois maiores oceanos do mundo (Atlântico e Pacífico).

Podemos considerar que cada país tem sua definição de Patagônia, considerando uma área maior ou menor do setor sul-americano. É difícil definir esta região em poucas palavras: encontramos glaciares, montanhas, lagos, rios e as mais diversas variedades de espécies de fauna e flora, lugares pouco habitados, hábitos e culturas locais e regionais, tudo isso a poucos quilômetros e totalmente determinado a que distancia você se encontra da Cordilheira. Em outras palavras, definitivamente um lugar a ser visitado ao menos uma vez na vida.


1) A cidade mais austral do mundo

DSC_0044No extremo sul do continente americano, em território argentino, se localiza a Ilha Grande de Tierra Del Fuego dividida entre Chile e Argentina. É aqui que encontramos a famosa “cidade mais austral do mundo”, Ushuaia. Ao sul desta ilha tão peculiar quanto seu nome, na beira do Canal Beagle, encontramos esta incrível localização, cercada por montanhas e vales. O turismo aqui existe todo o ano e sempre nos surpreende com suas belezas naturais: no inverno, temos a neve no centro de esqui Cerro Castor e atividades diversas no Valle de Tierra Mayor; no verão, trekking e montanheirismo tomam a vez e a cidade se enche de turistas que partem daqui para o continente antártico. Além disso, encontramos o Parque Nacional Tierra Del Fuego, considerado o mais austral do mundo, com seu encontro de mar, rios e montanhas. Prepare-se para a mudança de clima da cidade e venha conhecer a cidade mais austral do mundo!


2) Origens da ocupação europeia no extremo sul da América

Do lado chileno, na península de Brunswick, encontramos a cidade mais austral do continente americano (lembrando que Ushuaia se encontra em uma ilha) e o porto mais austral do Chile. A cidade de Punta Arenas, fundada em 1848, tem sua história marcada pela presença europeia, e até a abertura do canal de Panamá em 1914, foi o principal porto de navegação entre o oceano Atlântico e o Pacífico. Ao localizar-se no Estreito de Magalhães, sempre teve uma importância na região, o que a tornou em um grande centro cosmopolita e comercial no extremo sul da América.

A presença de aeroporto e outras facilidades contemporâneas (por exemplo, uma conhecida Zona Franca), faz dessa cidade o ponto inicial pra muitos que querem conhecer a Patagônia chilena, por exemplo, o Parque Nacional Torres Del Paine, também incluído nesta lista de atrações.


3) A ilha do fim do mundo

cropped-dsc_0546.jpg

É no arquipélago mais austral do mundo que se encontra uma das ilhas mais famosas do planeta, a ilha de Hornos. Provavelmente você já ouviu falar deste lugar, conhecido como Cape Horn, mas e chegar neste fim de mundo? Somente navegando pelos canais da Tierra Del Fuego. Tido como “o ponto mais meridional da América do Sul”, se encontra separada da Península Antártica, por aproximadamente 950 km, pelo temido Estreito de Drake, porção de mar que faz a junção entre os dois oceanos. Muitos escreveram sobre a passagem do cabo Horn, mas ninguém mais famoso que o naturalista inglês Charles Darwin, relatando a expedição que resultaria na publicação de seu estudo mais impactante, A Origem das Espécies. Esta pequena ilha, que só pode ser alcançada por meio de navegação, abriga uma escultura simbólica e se tornou um importante ícone da presença chilena na região. Na temporada de verão, é possível ser visitada com cruzeiros e inclusive caminhar pelas passarelas da ilha. Realmente, um espetáculo no fim do mundo!


4) Atividades em contato com a natureza: trekking e montanhismo

cropped-cropped-dsc_02021.jpgA Patagônia é referencia em contato com a natureza. Suas paisagens, praticamente intocadas pelo ser humano, preservam uma diversidade única no planeta e ao mesmo tempo permite que vários exploradores, ávidos por aventura, possam explorar seus caminhos. Diversas localidades, como o pequeno vilarejo de El Chaltén, na fronteira entre a Argentina e Chile, preservam o espírito do trekking, prática comum na região que a faz ser reconhecida como “a capital do trekking” na Argentina. Seguindo mais ao sul, cruzando para a ilha de Tierra Del Fuego, encontramos cordões montanhosos que em poucos quilômetros se chegam ao mar, criando uma paisagem incrível. São estes exemplos que tornam a Patagônia um dos destinos mais visitados da América do Sul. E com razão! Enfim, só estando aqui para admirar tamanha beleza.


5) Parque Nacional Torres Del Paine

DSC_0591-2Considerado um dos mais impressionantes parques para realizar atividades ao ar livre como acampar e trekking, o Parque Nacional Torres Del Paine, localizado no sul do Chile, foi declarado reserva da Biosfera pela Unesco e eleito como quinto lugar mais bonito do mundo pela National Geographic. A paisagem imponente deste parque, composto por montanhas, lagos, rios, sem contar a imensa variedade de fauna e flora silvestre, fazem deste destino um dos preferidos dos amantes da natureza e da aventura. Existem diversas trilhas possíveis de realizar, cada uma com duração e dificuldades estabelecidas e se trata de uma experiência incrível. Arrume sua barraca, se prepare emocional e fisicamente e venha visitar essa maravilha do nosso continente!


6) A Patagônia e suas águas: lagos e rios, glaciares e canais “fueguinos”

cropped-dsc_0179-2.jpgDevido a suas características climáticas, a variedade e a relação com as águas nesta região austral é intensa. A presença dos Andes faz com que a acumulação de neve em elevadas altitudes crie imensos campos de gelo, de onde se desprendem lindos glaciares e rios, modificando constantemente a paisagem de estação em estação. Para os amantes da natureza, se deparar com o Perito Moreno, por exemplo, é algo inesquecível. Sem contar os lagos de Bariloche (ARG) e os lindos canais “fueguinos”, que compõem o grande arquipélago austral, fazem dessa região uma das mais lindas do planeta. Vale a pena considerar um mochilão por essas bandas!


7) A incrível Fauna & Flora da Patagônia

DSC_0269Considerado um dos ecossistemas mais complexos e ricos do mundo, a fauna e flora da Patagonia encantam por sua variedade e beleza. Partindo do norte do que consideramos Patagonia, a partir da Provincia de Neuquén (ARG), nos deparamos com uma diversidade incrível: partimos do Oceano Pacífico, um verdadeiro motor de ventos e chuvas que vem do oeste a leste, com seus efeitos bloqueados na imensa cordilheira dos Andes, o que diminui consideravelmente a presença das chuvas na parte leste, já na Argentina. É aqui que encontramos a famosa “pampa argentina”, famosa por seu clima árido e ventos fortes. Este fator, entre outros, vai influenciar consideravelmente a presença de vegetações típicas, muitas delas únicas no planeta, com a consequentemente fauna local. É na Patagônia que podemos encontrar um pouco de tudo: desde o puma, ao condor, passando pelo guanaco e aves, muitas aves. Além disso, por ser uma região extremamente isolada, encontramos espécies raras ou que só existem aqui nessa extrema região. E aí, ta esperando o que pra vir explorar essa região?


8) América Latina? Tá em casa!

DSC_0844 copia

Não é só pelo idioma. Também pelas pessoas, pela cultura, pela beleza e pela relação positiva com os brasileiros. O lado financeiro também conta. Explorar a Patagônia está se tornando um roteiro cada vez mais presente nas agencias de viagens, mas também para os amantes da natureza selvagem, convidando aventureiros do mundo todo para conhecer suas belezas. Como já foi dito, é uma experiência única sentir-se isolado e ao mesmo tempo conectado com esse lugar, sentir o vento fresco durante uma caminhada na montanha, se deparar com a grandeza de sua paisagem. A Patagônia é, definitivamente, um dos lugares mais bonitos do planeta e, com responsabilidade e cuidado, vamos explorá-la e preservá-la para sempre!

One comment

Responder

Por favor, inicia sesión con uno de estos métodos para publicar tu comentario:

Logo de WordPress.com

Estás comentando usando tu cuenta de WordPress.com. Cerrar sesión / Cambiar )

Imagen de Twitter

Estás comentando usando tu cuenta de Twitter. Cerrar sesión / Cambiar )

Foto de Facebook

Estás comentando usando tu cuenta de Facebook. Cerrar sesión / Cambiar )

Google+ photo

Estás comentando usando tu cuenta de Google+. Cerrar sesión / Cambiar )

Conectando a %s